Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

© Reprodução/Google Street View Avenida Rio das Pedras foi totalmente bloqueada para a perícia.


Um policial militar reagiu a uma tentativa de assalto e matou um dos dois criminosos que o abordaram por volta das 4 horas desta segunda-feira, 25, na zona leste da capital paulista.
O PM estava à paisana e dirigia sua moto particular na Avenida Rio das Pedras, a caminho do trabalho, quando os dois homens que estavam em outra motocicleta anunciaram o assalto.
Ele atirou e acertou o carona, que morreu no local. O bandido que conduzia a moto conseguiu fugir. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.
Fonte/MSNNotícias 
-
Imagem/ O Conservador

Após a entrada da policia  na favela da Rocinha para conter a  “onda” de Crimes  que estava acontecendo na Região , o Exercito também começou a participar  do confronto contra os Criminosos.



 As informações dão conta  que após um forte tiroteio entre policia e traficantes dentro da favela, os traficantes recuaram  e foram para dentro da mata que fica ao lado da favela. O exercito foi chamado para dar apoio e fazer um cerco em todo o local.Segundo alguns Ciclistas que faziam trilha perto da mata, bandidos armados os pararam  pedindo ajuda para levar quentinhas para alimenta-los.

Mas hoje a bandidagem começou a sentir uma baixa em seus “soldados” do crime, após um forte confronto com  as forças armadas  alguns bandidos vieram a óbito no local.Com eles foram apreendidos vários fuzis e armas de calibre grosso, os policiais estão fazendo novas varreduras em toda a mata  em busca de outros bandidos que estão usando a mata como refúgio.
Munições armadas de guerra e coletas a prova de balas foram apreendidos pelo exercito de traficantes que tentavam deixar a favela.
Enquanto isso na favela ainda  acontecem alguns tiroteios pela retomada de poder,segundo o Jornal Nacional o Traficante conhecido como Nem  da Rocinha esta comandando tudo  de dentro do presídio. Fonte/O Conservador
-
Imagem: Facebook
Um rapaz de 24 anos foi brutalmente assassinado em Nova Granada – SP, na noite de sábado para domingo.

Segundo informações extra-oficiais o jovem Willian de Oliveira Freitas de 24 anos foi morto há golpes de barras de ferro.

O corpo da vitima de homicídio esta sendo velado no velório municipal de Nova Granada, familiares e amigos do falecido estão consternados, a polícia investiga o caso.

Getulio Santos MTB 35.564
- -
Imagem facebook
Uma mulher ainda não identificada subiu em numa torre de telefonia e esta cantando la em cima. Não se sabe ainda o motivo que a levou a fazer isso. A polícia e os bombeiro estão no local na tentativa de faze-la descer. Segundo informações, trata-se de uma menor de 16 anos . No momento os bombeiros estão descendo da torre com a menor. Atualizando: A mulher acaba de ser resgatada pelos bombeiros. Nossa reportagem ainda não conseguiu falar com ela e nem com familiares. 

Mais informações no decorrer do dia.

Getulio Santos da redação.
Atualizado ás 11:19
Atualizado ás 11:29
Atualizado ás 12:03
Atualizado ás 12:18
- -
© MAURO PIMENTEL via Getty Images Eles foram acompanhados por policiais militares e alguns grupos se espalharam pelas principais ruas da localidade, no interior da favela.
O primeiro contingente de homens da Forças Armadas que farão um cerco à Rocinha chegou exatamente às 16h10 na comunidade, na zona sul da cidade. Cerca de 150 soldados do Exército e da Aeronáutica entraram na parte baixa da comunidade junto ao túnel Zuzu Angel.
Eles foram acompanhados por policiais militares e alguns grupos se espalharam pelas principais ruas da localidade, no interior da favela.
A missão principal das Forças Armadas é fazer um cerco à Rocinha para apoiar as operações das polícias civil e militar.
A comunidade da Rocinha, a maior do Rio de Janeiro, é alvo de operações diárias da Polícia Militar desde o último domingo (17), quando houve confrontos entre grupos criminosos rivais pelo controle de pontos de venda da comunidade.
Na manhã de hoje, houve um tiroteio intenso entre policiais e criminosos, que provocou o fechamento da Auto-Estrada Lagoa-Barra, que liga o bairro de São Conrado à Gávea. Cinco escolas e três unidades de educação infantil da prefeitura fecharam as portas, deixando quase 2.500 alunos sem aulas.
No total, mais de 950 homens das Forças Armadas e dez blindados foram enviados pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, para participarem do cerco a criminosos na Rocinha.
Os militares fazem parte do efetivo do Comando do Militar Leste, que dispõe de cerca de 30 mil homens no Rio de Janeiro. Jungmann anunciou a participação das Forças Armadas no cerco após reunião com o presidente Michel Temer no Palácio do Planalto.
O ministro ressaltou que o "Exército não substitui polícia" e que, apesar de urgente, a ação pode ter efeitos estruturais no combate à violência. "Estamos agindo emergencialmente, mas também estruturalmente", declarou.

Espaço aéreo

A Força Aérea Brasileira informou que o espaço aéreo no entorno da favela da Rocinha foi fechado hoje (22) às 13h50 por determinação do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea, do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da Aeronáutica. Helicópteros e aeronaves particulares não podem sobrevoar a região da favela da Rocinha. Apenas helicópteros oficiais podem permanecer no espaço aéreo para dar apoio às equipes de terra que ocupam à comunidade da Rocinha.
Um helicóptero do Exército está fazendo sobrevoos agora à tarde sobre a área de mata fechada, no alto da Rocinha e também junto à Base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).
A troca de tiros que se intensificou hoje na favela da Rocinha, na Gávea, zona sul do Rio desde cedo, suspendeu às atividades na Pontifícia Universidade Católica (PUC), na região administrativa da Rocinha, no posto do Detran da Gávea e também a Clínica São Vicente, no alto da Gávea, que fechou para consulta a pacientes e dispensou os funcionários.
Clínicas da família e outros serviços de atendimento também suspenderam o atendimento, por medida de segurança. Mais de 2.550 crianças ficaram sem aulas nesta sexta-feira na Rocinha.
Fonte/MSN Notícias

- -
© Divulgação "Se eu não sair correndo daqui, o bicho vai pegar", desabafou o apresentadorJosé Luiz 
Datena surpreendeu os telespectadores do 'Brasil Urgente' desta quinta-feira (21) por um motivo inusitado: uma dor de barriga. O apresentador revelou que precisaria se ausentar e justificou: "Vou confessar uma coisa para vocês, entre nós. Estou com uma dor de barriga desgraçada. Se eu não sair correndo daqui, o bicho vai pegar", disse ele, deixando o noticiário a cargo dos repórteres Marcelo Moreira e Bruna Drews.
"Na verdade, apresentador de programa sente as mesmas necessidades que você sente. Dor de barriga, tem vontade de espirrar, passa mal. Eu acho que até o Flávio Cavalcanti, morreu apresentando programa no ar. Pediu os comerciais e morreu, porque a vida continua. A vida é assim mesmo. Quando o cara está apresentando programa, ele tem problemas. Então vou fazer uma experiência na TV brasileira", explicou Datena.
E continuou: "Como eu confio muito nos meus repórteres e pelo adiantado estado da necessidade biológica, os dois repórteres vão apresentar o programa até eu conseguir voltar ao palco do trabalho. Se é que eu vou conseguir voltar.", disse Datena antes de se despedir.
Fonte/MSN notícias
- -
© Reuters O ditador Kim Jong Un participa de reunião do Partido dos Trabalhadores da Coreia em foto divulgada pela Agência Coreana de Notícias (KCNA) – 04/09/2017
O líder da Coreia do NorteKim Jong-un, afirmou que o presidente dos Estados UnidosDonald Trump, é “desequilibrado” e “pagará caro” por suas ameaças aos norte-coreanos. As declarações foram feitas em um comunicado divulgado pela agência de notícias estatal, em reposta às últimas declarações dadas pelo americano na Assembleia-Geral das Nações Unidas.
“Suas declarações … me convenceram, ao invés de me assustar ou me parar, de que o caminho que eu escolhi está correto e que é esse o que tenho que seguir até o final”, disse Kim em declaração rara divulgada pela KCNA.
O líder norte-coreano afirmou que estava “pensando muito” em sua resposta, mas que o presidente americano “pagará caro por seu discurso pedindo a total destruição” da Coreia do Norte.
Kim Jong-un afirmou que as ameaças de Trump foram “a declaração mais feroz de uma guerra na história” e disse ainda que o republicano não está apto para “o supremo comando de um país” e que é “mentalmente perturbado”. Ele também descreveu o líder americano como um “desonesto e um gângster louco para brincar com fogo”.
Na terça-feira, Donald Trump ameaçou destruir totalmente” a Coreia do Norte, durante seu discurso para outros líderes mundiais. “Se os muitos que são justos não enfrentam os poucos que são perversos, então o mal triunfará”, disse o americano, que afirmou que seu país está pronto para o ataque, mas espera resolver o conflito com os norte-coreanos por meio da diplomacia.
O presidente também agradeceu à China e à Rússia por ter votado a favor das sanções contra a Coreia do Norte no Conselho de Segurança da ONU, apesar de destacar que é preciso fazer “muito mais” contra as ameaças de Pyongyang.
Nesta sexta, os Estados Unidos aprovaram um novo decreto que amplia as sanções contra empresas e bancos que fazem comércio com os norte-coreanos.“Nosso novo decreto cortará as fontes de receita que financiam os esforços da Coreia do Norte para desenvolver as armas mais letais que a humanidade conhece”, disse Trump após assinar a nova medida.
(com agências internacionais) Fonte/MSN Notícias
-