Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » TSE reconduz o prefeito Pedrão de volta à prefeitura de Cedral
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

     

O prefeito de Cedral, José Luis Pedrão (PMDB), será diplomado pela Justiça Eleitoral pela segunda vez em dois anos. Pedrão teve mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em São Paulo, acusado de compra de votos. Ele foi acusado de oferecer vantagens a eleitores se fosse reeleito.
Na semana passada, Pedrão conseguiu uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, que determinou a permanência dele e de seu vice no cargo. Em meio à briga na Justiça, o TRE retotalizou os votos da eleição de 2012 e diplomou o segundo colocado na eleição, Paulo Beolchi (PPS), o Janjão.
Na última semana, o segundo colocado na eleição de 2012, Paulo Beolchi (PPS) foi diplomado como prefeito de Cedral pela Justiça Eleitoral de Rio Preto. Ele nem chegou a assumir o cargo, que ficou com o presidente da Câmara, Claudinir Antonio Targa (PT), que teria 60 dias para empossar Beolchi. O julgamento do ministro foi na noite de quinta-feira, 7.
Agora, com a nova decisão, outra diplomação foi marcada para sexta feira 15, pela Justiça Eleitoral. O juiz Paulo Zaidan Maluf deve comandar a cerimônia pela segunda vez em duas semanas. Até hoje, o prefeito do município foi o presidente da câmara, Claudinir Targa (PT). O vereador vai ser prefeito por três dias. A partir de sexta-feira, Pedrão continua prefeito da cidade de Cedral.
Com essas atitudes quem perde é o município que fica sem o prefeito nas suas atribuições, mesmo sendo substituído pelo presidente da câmara o município para. Com a volta de Pedrão tudo volta a sua normalidade. O diploma de Paulo Beolchi “Janjão” (PPS) foi anulado. Getulio Santos

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply