Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » Diaz aponta incerteza na carreira após terceira derrota seguida: “Cansei de ser um perdedor”
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Após ficar quase dois anos longe das competições de MMA, Nick Diaz voltou a pisar no octógono no sábado (31), quando foi derrotado por Anderson Silva na luta principal do UFC 183, realizado em Las Vegas (EUA).

O revés foi o terceiro seguido na carreira do ex-campeão meio-médio (77kg) do Strikeforce. Dada a fase conturbada, é normal se perguntar qual será o próximo passo na carreira do polêmico lutador, mas nem o presidente do UFC, Dana White, tem a resposta para estes questionamentos.
Na coletiva de imprensa realizada após o evento, Dana afirmou que o futuro depende apenas do lutador, e revelou que Diaz recebeu muito dinheiro para enfrentar ‘Spider’. Tanto que pode até ficar mais alguns anos sem competir.

“Acho que o certo não seria perguntar o que eu acho que acontecerá com o Nick Diaz, mas sim o que o Nick Diaz fará. Quem sabe o que ele vai fazer? Ele ganhou muito dinheiro com essa luta. Pode ser que você fique sem vê-lo por três anos dessa vez”, afirmou o mandatário.
O próprio Diaz demonstrou incerteza sobre o que fará agora. Sentado sozinho no palco e respondendo às perguntas dos jornalistas bem depois de todos os outros atletas, o californiano se mostrou descontente com a fase.

“Eu estou um pouco cansado de ser um perdedor. Eu ainda estou aqui, mas estou perdendo todas as lutas. Mas, em comparação a outros caras, eu estou indo bem. Tenho esse emprego. Então estou feliz por dar um show para os fãs, eu acho. Eu não sei o que fazer agora”, disse.
As três derrotas que embalam a carreira de Diaz atualmente aconteceram em lutas de grande porte. Em fevereiro de 2012, o americano enfrentou Carlos Condit em duelo válido pelo cinturão interino dos meio-médios (77kg) do UFC, e perdeu por decisão unânime.

Mesmo com o resultado negativo, o atleta ganhou uma disputa de título contra o então campeão Georges St-Pierre em março de 2013 e, após a derrota, anunciou sua aposentadoria do MMA, afirmando que só voltaria a lutar se recebesse uma proposta muito boa. A oferta veio, e Diaz foi o escolhido para encarar Anderson Silva no retorno após a grave lesão que o brasileiro sofreu durante a revanche contra Chris Weidman no UFC 168, em dezembro de 2013.Fonte/MSN notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply