Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » MP espanhol aponta fraudes de presidentes do Barça e diz que transação Neymar custou R$ 287,5 mi
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nesta segunda-feira, o Ministério Público da Espanha pediu ao juiz Pablo Ruz a abertura de um processo separado no qual cite o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, por fraudar o fisco do país em 2,8 milhões de euros (quase R$ 8,5 milhões) na negociação de Neymar com o clube catalão.

Além disso, o órgão fiscalizador também propõe a abertura de uma ação contra o ex-presidente do Barça Sandro Rosell e também contra o clube por dois delitos fiscais e um delito societário.

O promotor José Perals considera Rosell responsável pelos três delitos, e o Barça, dois. O ex-mandatário do clube catalão renunciou ao cargo depois das primeiras denúncias de que os valores pagos para a contratação do atacante brasileiro foram bem maiores do que os divulgados - a acusação surgiu por parte de um conselheiro.

A Agência Tributária espanhola também revelou que a transferência de Neymar do Santos para o Barcelona custou no total cerca de 95 milhões de euros (R$ 287,5 milhões), incluindo a contratação em si e os impostos pagos sobre ela.

Atual presidente do Barça, Bartomeu disse, na última vez em que se pronunciou sobre o caso, que foi gasto 86,2 milhões de euros (R$ 261 milhões) para ter o brasileiro. O pai do atacante recebeu 40 milhões de euros em contrapartidas pela negociação.Fonte/MSN notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply