Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » » "Os Dez Mandamentos" humilha "Jornal Nacional" no Ibope com abertura do Mar Vermelho
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

SEQUÊNCIA FOI FINALIZADA NOS ESTADOS UNIDOS
A Record alcançou um feito histórico na noite da última terça-feira (10). Com a esperada sequência da abertura do Mar Vermelho, "Os Dez Mandamentos" rompeu a barreira dos 30 pontos de audiência e humilhou o "Jornal Nacional" no Ibope.
Segundo dados prévios, o folhetim bíblico bateu novo recorde ao marcar 28 pontos. No mesmo horário, o "JN" amargou a segunda liderança ao registrar apenas 19 pontos. Maior derrota do principal telejornal do país em seus 46 anos de existência.
No momento em que o povo hebreu iniciou a travessia, a trama marcou seu pico de audiência: 31 pontos.
Sequência foi adiada cinco vezes
A libertação do povo hebreu estava prevista, inicialmente, para ir ao ar no dia 27 de outubro. Com a decisão de esticar o folhetim em 20 capítulos, a emissora marcou a sequência para o capítulo da última terça-feira (3), o que não ocorreu.
O sucesso da trama no Ibope fez com que a produção fosse aumentada ao máximo ao longo da fase das pragas. Com isso, o canal divulgou que a cena, então, seria exibida na última sexta-feira (6).
Mais uma vez, contudo, a direção resolveu remarcar o grande acontecimento. Desta vez, para segunda-feira (9). No entanto, o milagre, enfim, se concretizou na noite desta terça.
Cena foi finalizada nos EUA
Gravada em maio, a sequência deve durar três episódios - caso a Record não resolva esticar ainda mais a história.
A travessia foi rodada durante um mês em uma fazenda do Rio de Janeiro e contou com 200 figurantes e 120 animais.
O diretor Alexandre Avancini finalizou a cena na produtora Stargate Studios, nos Estados Unidos. A empresa é responsável por séries como "Revenge" e "The Walking Dead".
Fonte/MSN Notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply