Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » Emar presta esclarecimentos ao presidente da Câmara de Mirassolândia
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Por Danilo Julio

O presidente da Câmara de Mirassolândia, Jairo Leandro Durigan (PDT), se reuniu com o presidente da Emar Indústria e Comércio de Plásticos, Erasmo Gerolim, no dia 1 de março, em Ipiguá, para pedir esclarecimentos sobre a contribuição fiscal e o preenchimento de vagas de trabalho promovido pela empresa.

O repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços  (ICMS) e a geração de empregos referente as unidades instaladas entre os municípios vizinhos de Ipiguá e Mirassolândia têm transformado a empresa especializada na fabricação de tubos e embalagens plásticas em alvo de especulações por parte de alguns políticos e moradores, desde que a Emar inaugurou sua segunda unidade em Mirassolândia.

Instalada em Mirassolândia há cerca de cinco anos, a Emar é responsável pela administração e operação de duas unidades na localidade, sendo uma especializada na fundição de metais e outra na fabricação de tubos de PVC. Atualmente, ambas são capazes de gerar mais de 100 empregos diretos na cidade e de incentivar o comércio local, através de compras de matérias para construção e alimentos, além do abastecimento de veículos.

A maior parte do corporativo da Emar de Mirassolândia cobre o setor de operação e produção das unidades. Além dos treinamentos e especialização oferecidos pela empresa comandada por Erasmo, os funcionários passam por exames periódicos e são premiados com uma cesta básica no final do mês, e descontos em convênios médicos e plano odontológico, quando cumprem a meta imposta pela empresa.
A fabricação de tubos de PVC e a Unidade de Fundição da Emar somam 10 mil metros de área construída, com capacidade de produção de 400 toneladas ao mês, que são exportadas para todo território nacional.

Para dar fim aos boatos e críticas, o departamento jurídico da Emar realizou em junho de 2014 um cálculo tributário, e constatou que a prefeitura de Mirassolândia recebeu repasse de mais de R$ 346 mil, entre outubro de 2013 e agosto de 2014 sobre 25% do valor do ICMS contribuído pela empresa, neste período. Já que é essa a porcentagem que os governos Estadual e Federal repassam para os municípios, com base no artigo 158 da Constituição Federal.

Projeto de ampliação é sonho antigo da Emar
Erasmo garante que a Emar pretende ampliar o espaço físico de uma de suas unidades de Mirassolândia, há pelo menos dois anos. “Temos mais produtos para serem lançados, porém, precisamos ampliar nossa estrutura física para que a capacidade de produção seja aumentada”, explica.

A falta de viabilidade nas áreas em torno da unidade não deixou a expansão pleiteada pelo presidente da Emar avançar.
Segundo Erasmo Gerolim, a expectativa era de que a prefeitura de Mirassolândia desapropriasse parte da área rural nos arredores da empresa para que a Emar pudesse adquirir a área necessária para ampliação.

Jairo Leandro Durigan é a favor de melhorias na infraestrutura urbana do distrito industrial de Mirassolândia e vê a ampliação na operação da Emar como parte contribuinte para o crescimento da cidade nas próximas décadas.


Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply