Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » Carille festeja gordura, mas avisa: “Precisamos saber usá-la”
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

                                   © Fornecido por Fundação Cásper Líbero
O técnico Fábio Carille deixou a partida entre Corinthians e Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, impressionado pela consistência defensiva apresentada no triunfo por 2 a 0 dos paulistas sobre os mineiros, em pleno Mineirão. Contente com mais um jogo sem sofrer gols e com os 44 tentos conquistados até o momento no Campeonato Brasileiro, o treinador alertou que o time precisa saber usar a diferença de oito pontos sobre o Grêmio, segundo colocado.
“Passando essa rodada são 60 pontos em disputa, é muita coisa, claro que tem gordura, mas temos que saber jogar com essa folga. Tem de saber usá-la”, comentou o comandante, que voltou ao discurso de superação para retratar o bom momento corintiano em 2017;
“A campanha me surpreende. Lá atrás falava muito. Fomos campeões paulistas e falavam que a gente ia ficar em 12º. Estamos fortalecendo o grupo cada vez mais para terminar bem o turno e fazer um grande segundo turno”, avaliou Carille, que enfatizou melhoras em relação ao empate por 1 a 1 com o Flamengo, dentro do estádio de Itaquera.“Eu cobro demais, desde o primeiro dia, e faltou no último jogo ficar com a bola. Hoje conseguimos fazer isso. Quando rouba a bola, jogadores puxam a marcação e outros encostam para a gente trocar passes e ter a bola nos pés. E sempre com alguém infiltrando: meia, lateral, volante”, observou.
Para Carille, o Timão conseguiu impor o seu estilo de jogo diante dos atleticanos, com boas trocas de passes e criação de jogadas. Mesmo com a pressão exercida pelo adversário, a ideia dada aos atletas foi de segurar mais a posse de bola quando o time estivesse recuado.
“Tem muito trabalho, entendimento, desde o primeiro dia, acho que foi em 13 de janeiro o primeiro trabalho com bola, e foi sempre com o mesmo entendimento, a mesma ideia de jogo. É uma equipe organizada defensivamente, que procura triangulações para jogar. É o que cobramos desde o início e temos que nos sentir orgulhosos. Ainda falta muita coisa, mas estou muito feliz pelo momento”, disse, sem querer exaltar os 33 jogos sem perder na temporada.
“Com certeza, fortalece. Não tenho problema de falar dos jogos que fizemos, não gosto de falar de futuro, o jogo do Vitória, por exemplo, já que antes tem o Sport. Não falo de invencibilidade. Mas hoje (quarta) vou falar dos 28 jogos sem tomar gol no ano, é um número que impressiona. Nosso time tem muita concentração, por isso parabenizei o grupo agora no final”, concluiu.Fonte/MSNNotícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply