Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » Resil Graxaria e transportes, doa mudas de arvores para a cidade de Guapiaçu
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Foto/Getulio Santos
A empresa Resil Graxaria e transportes, doou mudas de arvores para o município de Guapiaçu, foram doadas 500 mudas de arvores frutíferas e nativas. O diretor presidente da Resil Carlos Talarico, disse que a doação foi feita para arborização da cidade, com isso melhorar o meio ambiente. As mudas doadas foram entregues no Viveiro municipal e foram recebidas pela Eng. Ambiental Ana Letícia Nardo, que nos disse que a própria prefeitura plantara varias arvores no novo conjunto habitacional que esta sendo construído no município .
Informação:

O Viveiro Municipal "Sementes do Futuro" situado na Rua Antonio Domingos Rodrigues Aguilera, no Bairro São Marcos, tem por objetivo distribuir gratuitamente mudas de arvores a toda população, como forma de incentivar o plantio de arvores por todo o município.
Cada munícipe pode retirar até tres mudas por mês. O viveiro possui mudas de espécies nativas como angico, ipês dos mais diversos tipos, jatobá, Jacarandá, até especies frutíferas como amora, pitanga, acerola, graviola, jabuticaba, jenipapo, lichia, figo, dentre tantos outros.
A empresa COBB Vantress e a empresa Resil apoiam o Viveiro Municipal com doação de insumos, sementes e mudas. No dia 22 de Setembro a empresa Resil fez a doação de 500 mudas ao Viveiro Municipal, dentre as quais 250 são mudas frutíferas. Mais 2.000 mudas serão doadas pela empresa Resil até o final de 2019.

O Viveiro fica aberto ao público de segunda a sexta-feira das 7h as 11h para retirada de mudas.  
Os tecnicos da prefeitura alertam para o porte das arvores escolhidas para serem plantadas nas calçadas. 
Deve-se usar espécies adequadas de modo a evitar prejuizos e transtornos como quedas de galhos frágeis, raizes agressivas, aspectos alérgicos, dentre outros.
Utilizando espécies adequadas alguns transtornos como trincos nos muros e calçadas, queda de energia devido o contato dos galhos com a rede elética, dentre outros serão evitados. 
Especies recomendadas para plantio em calçadas: Resedá, Pata de vaca, Quaresmeira, Calistemon, Cassia, Chorão, Ipê de Jardim, dentre outras. 
Espécies não recomendadas: castanheira, canelinha, oiti, ficus, mangueira dentre outras que possuem raizes agressivas ou copa muito alta. Estas especies devem ser plantadas em praças e as margens dos rios.

Cabe ainda ressaltar a maneira pela qual uma muda de arvore deve ser plantada na calçada, devendo respeitar um espaçamento suficiente ao redor da muda de modo a possibilitar a infiltração de água. Recomenda-se em deixar no mínimo uma coroa de 0,50cm X 0,50cm ao redor da muda com instalação de tutor para que a muda cresça verticalmente.  
Importante lembrar que a Lei Municipal nº 1.586/2009 regulamentada pelo Decreto nº 1.427/2010 orienta quanto aos procedimento para plantio, poda e supressão de arvore em toda a área urbana. 

As informações foram dadas pela Eng. Ambiental Ana Letícia Nardo
Diretora de Planejamento Urbano e Meio Ambiente da Prefeitura de Guapiaçu

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply