Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » » Caetano processa MBL e Frota após acusações de pedofilia
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

© AFP Caetano Veloso: ação é uma resposta a uma série de posts do grupo nas últimas semanas 

São Paulo – O músico Caetano Veloso e a empresária Paula Lavigne entraram com um processo contra o MBL (Movimento Brasil Livre) e contra o ator Alexandre Frota após uma série de acusações nas redes sociais de que o cantor teria praticado pedofilia com a ex-mulher. Eles iniciaram o relacionamento quando Caetano tinha 40 anos e Lavigne 13.

A ação é uma resposta a uma série de posts do grupo nas últimas semanas, inclusive com a hashtag #CaetanoPedofilo, que chegou a liderar a lista dos trending topics no Twitter.
A empresária confirmou a informação em um post no Facebook. “Como noticiado, ingressamos com ações judiciais contra as pessoas que iniciaram uma campanha difamatória contra mim e Caetano”, disse Lavigne. Cada processo pede R$ 100 mil de indenização para cada um dos solicitantes – totalizando, assim, R$ 400 mil.

A série de ataques do MBL e de Frota aos dois teve início após a campanha #342Artes, em que um grupo de artistas, inclusive eles, saiu em defesa da liberdade de expressão como resposta ao cancelamento da exposição “Queermuseu”, em Porto Alegre.
Tanto Kim Kataguiri, líder do MBL, quanto Frota, manifestaram-se sobre a ação na Justiça. Enquanto o jovem ironizou o processo, o ator publicou um vídeo com as imagens da polêmica exposição do MAM (Museu de Arte Moderna) ao som da música Leãozinho, um clássico de Caetano.

Fonte/MSN Notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply