Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » O PROFESSOR RECONHECIDO COMO ‘SISTEMA DE PONTUAÇÃO”
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

           Ilustração/google
            Todos nós sabemos que o Professor é o profissional dentre outros profissionais, que desempenha um papel fundamental no sistema educacional e na sociedade moderna. Mesmo com o seu trabalho desvalorizado forma todos os outros profissionais. Por isso, é pertinente dizer que esse profissional, é o “ inspirador e realizador de sonhos” que inspira cada um de seus alunos a seguirem a profissão que desejam.  Mas, infelizmente o Professor não é valorizado perante a sociedade e a esfera governamental, que todos os dias está se dedicando, se esforçando arduamente e incansavelmente realizando seu trabalho em uma educação “ atrasada” e “ despreparada”.
Apesar de vivermos em um mundo moderno, tecnológico e globalizado, o professor se depara com muitos desafios, entre eles o de lecionar e conseguir aulas que infelizmente o sistema educacional exige “ pontos”, que em minha opinião não reconhece o professor como agente transmissor de aprendizagem e o reconhece como objeto, uma materialidade, algo abstrato.

O DESAFIO EM SER PROFESSOR

Não há como negar que o Professor é responsável por uma educação de qualidade aos estudantes capaz de formar e encaminha-los para o futuro que serão profissionais de outras áreas, exercitando todo o conhecimento aprendido e adquirido dentro e fora da sala de aula. Mas para ser Professor no Brasil hoje, requer muito amor à profissão, dedicação, paciência e muito aprendizado para lidar com as situações inesperadas e embaraçosas que acontecem no dia a dia na escola ou na sala de aula ( indisciplina, falta de respeito, falta apoio, falta de incentivo, falta da colaboração familiar, lidar com os alunos que possuem dificuldades de aprendizagem, alunos com necessidades especiais como a questão da inclusão), problemas que precisam ser resolvidos rapidamente. Um exemplo claro e verídico é o abandono dos pais na vida amorosa, afetiva para com seus filhos, que na sala de aula alguns alunos fazem o possível para chamar a atenção do professor, que precisa dar uma pausa na aula para chamar atenção dos alunos.
O Professor passa por diversas dificuldades alo longo da sua formação na graduação que exige responsabilidade, determinação, maturidade em dialogar com os alunos, a dificuldade em conciliar os estudos com o trabalho, realizar os estágios obrigatórios e dentre outras atividades. Por essa razão, é pertinente dizer que a grande maioria das faculdades que são credenciadas pelo MEC ( Ministério da Educação),  deveriam em sua grade curricular , aperfeiçoa-las com mais prática e menos teoria, já que a prática é a vivência, a reflexão da experiência vivida e jamais esquecida pelo futuro docente que atuará em uma sala de aula, direção, coordenação ou supervisão.

O PROFESSOR RECONHECIDO COMO “ SISTEMA DE PONTUAÇÃO”
 
Outro grande desafio na atualidade, é o professor conseguir “ pegar”, “ atribuir” aulas. Para conseguir aulas livres, o recém-docente precisa ter “ pontos “ de aulas dadas, “ pontos” de pós-graduação, que ao meu ver é um sistema de escolha que automaticamente exclui a personalidade do professor. O sistema educacional brasileiro reconhece o professor como “ pontos”, ou seja, o professor só será reconhecido se possuir “pontos” que é um desrespeito à pessoa humana e profissional do docente. Por isso, não é plausível e considerável reconhecer o docente como mero “ sistema de pontos”, já que em sua formação o próprio docente “ construiu” e “adquiriu” essa pontuação na graduação. Por isso, que há muitas vagas abertas sem professores, resultando na falta de oportunidade dos futuros docentes que estão “ largados” pelo mundo. Os docentes devem ser regidos e reconhecidos pelo conhecimento e aprendizado e não simplesmente por “ pontos’.
Pensando nisso, a educação do nosso País, será melhor a partir do momento em que o PROFESSOR for tratado com respeito, dignidade, amor, como agente transmissor de conhecimento e não como mero” sistema de pontuação “ou “como colecionador de pontos”.
Professor: a verdadeira essência da alma, verdadeiro exemplo de amor, de formação de dedicação, de aprendizado e de conhecimento.

Jeferson Mazaro é professor

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply