Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » Caminhoneiros voltam a protestar em rodovias do noroeste paulista
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Caminhoneiros depois pararam no acostamento da BR-153 no trecho urbano de Rio Preto (Foto: Reprodução/TV TEM)

Os caminhoneiros voltaram a protestar na manhã desta quarta-feira (23) nas rodovias da região noroeste paulista. A manifestação é contra o preço do diesel e está acontecendo em várias regiões do país.A categoria quer a redução do valor do óleo diesel, que tem tido altas consecutivas nas refinarias.

No trecho da BR-153 em Rio Preto, caminhoneiros pararam em uma faixa da pista no trecho urbano da cidade, perto da represa municipal. Depois eles foram para o acostamento e não houve paralisação no trânsito.
Na BR-153 também, na Central de Cargas, cerca de 30 caminhões estão ocupando uma das faixas da rodovia. E em José Bonifácio (SP), mesmo com uma liminar da Justiça, cerca de 20 caminhões estão fazendo protesto no trevo da cidade, segundo a Polícia Rodoviária Federal.
Em Santa Adélia (SP) este já é o segundo dia de paralisação. Cerca de 50 motoristas estão concentrados no pátio de um posto de combustíveis às margens da principal rodovia que liga região a São Paulo. As polícias rodoviária e militar acompanham o movimento de perto. Durante a manhã, nenhuma ocorrência foi registrada.
Na rodovia Euclides da Cunha, há protestos em Santa Fé do Sul (SP). Cerca de 100 caminhões estão estacionados em frente a um posto de combustíveis.
Em Tabapuã (SP), cerca de 100 caminhoneiros estão parados na chegada à cidade, na rodovia vicinal que liga a Catiguá (SP). O movimento é pacífico e policiais militares acompanham o movimento de perto. Participam motoristas da cidade e outros que estavam pela estrada e pararam na estrada.
Em Urânia, pelo menos 20 caminhões e carretas estão parados no acostamento próximo a uma das entradas da cidade. No local, as manifestações começaram na segunda-feira (21). Alguns motoristas dormiram na madrugada desta quarta-feira (23) na marginal da rodovia Euclides da Cunha em apoio às reivindicações dos caminhoneiros de todo país.
Caminhoneiros também protestaram em estradas nas cidades da região. Um grupo fez manifestação no trecho da rodovia Euclides da Cunha, no trecho perto de Bálsamo (SP). Cerca de dez caminhões estão parados às margens da rodovia com faixas com a palavra “greve”.
Na rodovia Washington Luiz, no trecho entre as avenidas Murchid Homsi e Alberto Andaló, os caminhoneiros que seguem pelo local estão com o pisca alerta ligado, em baixa velocidade e fazendo buzinaço.

Fonte/TV TEM Rio Preto e Araçatuba 

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply