Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » » Ibope: Haddad cresce, mas só lidera no Nordeste e entre mais pobres
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

                                   Imagem/Reprodução

O detalhamento da pesquisa Ibope divulgada nesta 3ª (18.set.2018) indica que o petista Fernando Haddad cresceu em todas os segmentos das classificações por região e renda. Mas só está à frente de Bolsonaro na região Nordeste e entre pessoas com renda mensal inferior a 1 salário mínimo (R$ 954).
No levantamento nacional, Bolsonaro tem 28% das intenções de voto, contra 19% de Haddad.
No comparativo com a última pesquisa do Ibope, divulgada em 11 de setembro, Fernando Haddad cresceu em todas as regiões. Naquele levantamento, publicado no dia em que foi oficializado candidato do PT a presidente no lugar de Lula, Haddad aparecia atrás de Jair Bolsonaro inclusive no Nordeste –região em que Lula já registrava a maior intenção de votos, com larga vantagem sobre o candidato do PSL.
Agora, com uma semana de campanha intensa, o petista já despontou na região. Registra 31% das intenções de voto contra 16% do militar, que empata com Ciro Gomes (PDT) na margem de erro.
Mas nas demais partes do país, o domínio de Bolsonaro é amplo –14 pontos percentuais de diferença ou mais. Eis o detalhamento:
Na divisão do eleitorado por faixas de renda, se dá um resultado semelhante. Haddad ultrapassou Bolsonaro apenas entre as pessoas que vivem com renda mensal inferior a 1 salário mínimo (R$ 954). Em todas as outras faixas, o candidato do PSL leva vantagem, com ampla superioridade entre os ricos: na faixa de pessoas com renda superior a 5 salários mínimos, o militar tem apoio de 41%, contra 13% do petista.
Eis o detalhamento por faixas de renda:
O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal Estado de S.Paulo. Foram entrevistados 2.506 eleitores entre os dias 16 e 18 de setembro em 177 municípios. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº BR-09678/2018.
Fonte/MSN Notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply