Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » » Homem mata companheira e atira na própria cabeça após ver mensagem em celular
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Daniele foi encontrada caída no quarto da casa dela, próximo ao companheiro, que atirou contra a própria cabeça / Foto: Reprodução

A estudante Daniele Batista Martins da Silva, 25 anos, foi morta com um tiro na madrugada de domingo (4) em Andradina. O acusado do crime é o companheiro dela, de 35 anos, que foi encontrado também ferido com um tiro na cabeça, na residência do casal. Até a manhã desta segunda-feira (5) ele permanecia internado na Santa Casa de Araçatuba, em estado gravíssimo.

Segundo a polícia, o casal residia em uma casa de fundos na rua Alexandre Salomão. Policiais militares foram até o imóvel após denúncia de disparo de arma de fogo e encontraram os envolvidos no quarto.

A jovem estava caída no chão, com parte do corpo escorado na cama, enquanto o companheiro dela estava caído entre a cama e o guarda-roupa do casal. Os policiais perceberam que ambos estavam vivos e solicitaram a presença do resgate, que os levou para o hospital da cidade.

No local também estava a mãe de Daniela, uma mulher de 50 anos. Ela contou que o casal passou a discutir ainda durante o dia de sábado, após o acusado encontrar uma mensagem “estranha” no celular da companheira dele.

Ainda segundo a testemunha, entre o final daquela noite e o início da madrugada do dia seguinte, ela ouviu a filha e o genro discutirem de forma mais ríspida e na sequência, disparos de arma de fogo. Ao correr para a residência, encontrou os dois caídos no chão, baleados.

Equipe do IC (Instituto de Criminalística) realizou perícia no local e apreendeu para perícia um revólver calibre 32 carregado com três cartuchos deflagrados e dois intactos. Também foram apreendidos dois projéteis, um encontrado sobre a cama e outro no banheiro. O delegado de policia Marcelo da Silva Zompero acompanhou a perícia.

A morte de Daniele foi confirmada na noite de domingo e o corpo passou por exame necroscópico antes de ser liberado aos familiares para velório e enterro.


Devido à gravidade dos ferimentos, o acusado dos disparos foi transferido para a Santa Casa de Araçatuba e, de acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde dele é gravíssimo e instável.

 Fonte / folha da região

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply