Select Menu

Slider

Travel

Cute

My Place

Racing

» » » » Temer gastou R$ 100 mil por gravação de 4 minutos
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

                         Foto Antonio Cruz/ Agência Brasil Fotos pública

O governo federal sob Michel Temer gastou R$ 100.000 com a gravação de 1 único pronunciamento do ex-presidente. No vídeo, exibido em comemoração ao dia da Proclamação da República (15.nov.2018), o emedebista fala por menos de 4 minutos.
Para dirigir a peça, foi contratado o cineasta Bruno Barreto, conhecido por filmes como Dona Flor e Seus 2 Maridos (1974), O Que É Isso, Companheiro? (1997) e Última Parada 174 (2008).
Segundo o Planalto, a escolha foi feita por tratar-se de 1 cineasta “conhecido internacionalmente por filmes que retratam a realidade brasileira”. A ideia é que gravação fosse feita de “uma maneira descontraída, mas íntima e, por isso, mais humana” e fotografia tivesse qualidade “de cinema, com mais contraste, simulando a luz do dia natural”
Como justificativa para os custos, o Planalto afirma ainda ser necessário “ter direção de arte contratada, para compor o ambiente de gravação”. O vídeo –no qual o ex-presidente fala à câmera sentado num cômodo de sua própria residência, em São Paulo– teria exigido a mobilização de uma equipe de “até 20 pessoas”.
Na gravação que foi ao ar, Michel Temer fica o tempo todo sentado, quase sem se mexer, e a gravação não indica nenhum grau de complexidade para sua execução.
Fonte / MSN Notícias

Publicado por Jornal OProgresso

As matérias assinadas não expressão a opinião do jornal.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply